Home A Claque Historia
Historia Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 05 Novembro 2008 12:06

 Historia

 

Nesta secção podes saber um pouco de como surgiu o nome VIII Exército e a história desta claque.
 

  • Podes ver também a história ilustrada aqui

 

 Uma HISTÓRIA desde 1943

O Vitória de Setúbal, sempre foi um clube que movimentou uma grande quantidade de adeptos atrás de si. Acontece agora, sendo talvez o terceiro ou quarto clube português, que maior numero de adeptos desloca aos campos do adversário, como já acontecia, quase desde a sua formação.

 
  • Assim desde o inicio o Vitória sempre teve grandes claques, que se deslocavam em grande numero e iam em autocarros, comboios especiais e alguns automóveis (pois nessa época era um meio menos utilizado), e assim o Vitória, era acompanhado por muitas centenas de adeptos. Nos locais para onde o Vitória ia, por vezes até havia algum receio, pois diziam que eram as pessoas da terra da "sarrdinha" do "carrapau".
    No ano de 1943, mês de julho, o Vitória foi á final da Taça de Portugal, então por essa altura, um grande vitoriano de nome João Lúcio, compôs uns versos, aproveitando uma música popular que na altura estava muita em voga, que era do filme "Cantiga da rua" então essa nova versão tinha a seguinte letra
"Vitória, Vitória teu nome imortal
chegaste com glória, á grande final,
Vitória, Vitória tua linda história
faz-me recordar,
que irás com vontade, mas sem vaidade,

o teu nome honrar."

 

Então fizeram-se cerca de 10 mil prospectos para distribuir pela cidade, ao mesmo tempo que se faziam acompanhar de um jipe da câmara cantando a canção pela cidade. Ao mesmo tempo dizia-se para que todas as pessoas se juntassem no Terreiro do Paço, para que se fizesse um cortejo que iria passar pela Rua Augusta, Rossio e Restauradores, onde apanhariam depois os autocarros e eléctricos para o antigo campo das Salésias, onde se realizava o jogo da final da Taça.
No dia do jogo juntou-se então uma enorme multidão, para acompanhar o seu Vitória, então assim se fez um enorme cortejo até ao campo, cantando a música. De referir que até houve um barco que havia na altura a vapor que se deslocou para Lisboa para transportar os adeptos sadinos.
Quando o Vitória entra em campo, os milhares de adeptos do Vitória cantaram essa canção todos em conjunto, como do Hino Nacional se tratasse. Mas nesse jogo o Vitória perdeu por 5-1, mas no final do jogo os adeptos regressaram a Setúbal, alegremente cantando a sua canção.
No dia seguinte, no jornal o Mundo desportivo, na crónica do jogo escrita pelo jornalista Manuel Mota, aparece o título " O VIII Exército invadiu Lisboa, e sucumbiu nas Salésias por 5 a 1". O nome de VIII Exército vem de um batalhão Ingles que existia durante a Segunda guerra mundial, que no Norte de África derrotaram o batalhão alemão que ocupava essa zona.
Agora, para além de serem chamados de "sarredinhas e carrapaus" os vitorianos seriam também conhecidos como o VIII Exército, fazendo deslocar grandes falanges de apoio para todos os campos onde o Vitória jogava.
VIII Exército era então uma claque espontâneo, formada por todos os vitorianos que acompanhavam o seu clube, mas passou a ser também o nome de várias claques, organizadas que foram surgindo no clube ao longo do tempo, e que foi reorganizada na época de 2000/2001 quando o Vitoria se encontrava na segunda divisão de honra, tendo sido decisiva para a subida de novo ao escalão principal do futebol português, sendo este o lugar que o Vitória merece, pois é um grande histórico do futebol português.

Agradeço imenso a entrevista dada pelo Sr. João Lúcio, a qual tornou possível, a realização desta introdução histórica.
 
 
 

Próximos Eventos

Nenhum evento
, Powered by Joomla!